QUEM É O HOMEM?

Conhecei bem a Imagem Verdadeira do homem: o homem é Espírito, é Vida, é Imortalidade.
Deus é a Fonte Luminosa do homem e o homem é luz emanada de Deus. Não existe fonte luminosa sem luz, nem existe luz sem fonte luminosa. Assim como luz e fonte luminosa são um só corpo, Deus e homem são um só corpo.
Porque Deus é Espírito, o homem também é Espírito. Porque Deus é Amor, o homem também é Amor. Porque Deus é Sabedoria, o homem também é Sabedoria.
O Espírito não é peculiar à matéria, o Amor não é peculiar à matéria, a Sabedoria não é peculiar à matéria.
Portanto, o homem, que é Espírito, que é Amor, que é Sabedoria, nada tem a ver com a matéria.

(Trecho da "Sutra Sagrada Chuva de Néctar da Verdade", revelada ao Prof. Masaharu Taniguchi).

domingo, dezembro 21, 2014

A IMPORTÂNCIA DA PRÁTICA DA MEDITAÇÃO SHINSOKAN


A palavra Shinsokan etimologicamente tem origem na língua japonesa, como resultado da composição de três ideogramas: Shin = Deus; so = pensar; kan = contemplar. Assim, por definição etimológica, é uma prática contemplativa que leva o indivíduo a pensar repetidamente, ou seja, a visualizar mentalmente, a Imagem de Deus em si próprio – a Imagem Verdadeira.
O aperfeiçoamento espiritual do indivíduo, além dos recursos dinâmicos que trazem a mudança do comportamento por esforço meticuloso e concentrado, conforme enfatiza detalhadamente o volume 7 da coletânea “A Verdade da Vida”, ainda, requer recursos estáticos que levam a uma mudança espontânea, gradual e definitiva, conforme o seguinte texto do Mestre Masaharu Taniguchi:
Todavia, ..., o homem precisa como o mergulhador que submerge nas profundezas do mar para voltar à superfície após colher preciosas pérolas, penetrar estaticamente nas profundezas da sua Imagem Verdadeira para aprender a trazer até este mundo das formas a Imagem Verdadeira que se encontra no interior sagrado do homem – isto é, aquilo que é originariamente harmonioso e perfeito, e que é Sabedoria infinita, Amor infinito, Potência infinita. (in ‘A Verdade da Vida’, v.8, Prefácio, p.8). (grifado nosso).
Existem vários métodos de meditação que são usados e defendidos por diversos credos religiosos e esotéricos. Em síntese, os métodos de meditação podem ser sistematizados em três vertentes, a saber: 1) de esvaziamento mental; 2) de concentração da força mental; e, 3) de concentração mental.
Em termos práticos, conforme já tive oportunidade de testar pessoalmente num retiro budista, o esvaziamento total da mente é inatingível, porque isso equivaleria a um estado de “não pensar” – como dizem os adeptos dessa corrente meditativa –, ou seja, uma total ausência de pensamento consciente que só é atingida em estado de sono profundo ou de morte física. Portanto, os que defendem o “esvaziamento mental” querem dizer efetivamente “tranquilização mental”, que é o máximo que conseguem na sua prática.
A metodologia de “concentração da força mental” é dirigida a um objeto ou assunto, o que pode levar a um estado temporário de pensamento concentrado que se traduz em movimento de objetos ou desenvolvimento de maior acuidade de atenção e raciocínio; o efeito benéfico dura o tempo da prática ou um pouco mais, o que não se apresenta de grande utilidade, além de ser uma prática bastante cansativa se for muito prolongada.
A Meditação Shinsokan é uma prática de “concentração mental” cujos efeitos são crescentemente duradouros, isto é, prolongam-se cada vez mais além do tempo da prática, à medida que esta é exercida como hábito. Trata-se da contemplação da Imagem Verdadeira de Homem Filho Perfeito de Deus, o que leva a uma purificação mental sem esforço, pois a ação contemplativa concentrada das virtudes divinas inerentes ao Ser Humano, como Sabedoria, Amor, Vida, Provisão, Alegria e Harmonia, na perspectiva do Infinito, conduz inexoravelmente a uma elevação espiritual que se reflete no caráter do dia-a-dia. Esta concentração mental na Essência Divina pessoal, como um mergulho no Oceano Paradisíaco das virtudes infinitas, é acompanhada de vibrações de alento espiritual produzidas pela sintonia com a Mente Cósmica ou Mente de Deus. É uma sintonia que faz com que o praticante irradie um biomagnetismo que cura negatividades e doenças para sempre, principalmente, em si próprio.
Em conclusão, pratique a meditação Shinsokan, todos os dias sem falta, e a sua vida se transformará continuamente para a vivencia ideal das suas virtudes divinas.
Um grande abraço do
Kabiá-Kabiaka