QUEM É O HOMEM?

Conhecei bem a Imagem Verdadeira do homem: o homem é Espírito, é Vida, é Imortalidade.
Deus é a Fonte Luminosa do homem e o homem é luz emanada de Deus. Não existe fonte luminosa sem luz, nem existe luz sem fonte luminosa. Assim como luz e fonte luminosa são um só corpo, Deus e homem são um só corpo.
Porque Deus é Espírito, o homem também é Espírito. Porque Deus é Amor, o homem também é Amor. Porque Deus é Sabedoria, o homem também é Sabedoria.
O Espírito não é peculiar à matéria, o Amor não é peculiar à matéria, a Sabedoria não é peculiar à matéria.
Portanto, o homem, que é Espírito, que é Amor, que é Sabedoria, nada tem a ver com a matéria.

(Trecho da "Sutra Sagrada Chuva de Néctar da Verdade", revelada ao Prof. Masaharu Taniguchi).

terça-feira, dezembro 23, 2014

A VIDA NO INFERNO OU NO PARAÍSO

A palavra “inferno” provém etimologicamente do latim de “inferi”, que quer dizer literalmente “lugar inferior”. Assim, viver no inferno é simplesmente assumir uma existência terrena inferior, isto é, destituída de sentido.
Qual é o sentido da vida?
O Professor Masaharu Taniguchi explicita claramente, em vários trechos dos seus escritos, que a vivencia terrena tem um propósito ou sentido bem definido – “evoluir para sempre”, ou seja, o ser humano como autêntico Filho de Deus deve expressar neste mundo a sua vocação divina de criador do ambiente em que vive. Claro, no inevitável uso do livre arbítrio existe a possibilidade de se optar por viver no paraíso ou no inferno, como destaca a citação do parágrafo subsequente.
Pela ação da lei de causa e efeito, criamos em nossas vidas ora o paraíso, ora o inferno. É nessa lei que reside o segredo do surgimento das mais variadas tragédias e das mais variadas comédias neste mundo. (TANIGUCHI, Masaharu. Comande sua vida com o poder da mente. 15a. Ed. São Paulo, Seicho-No-Ie do Brasil, 2007. P. 23).
Quando o ser humano não manifesta no mundo fenomênico a sua missão transformadora e criadora no sentido positivo – vivificando a si e ao ambiente que o rodeia –, orientado pelo Eu Superior, mas apenas segue as tendências imediatistas do “ego” que o alienam, isto é, só o fazem subsistir sem escutar e seguir a Voz do seu Deus Interior, então, se torna infeliz e experimenta uma sucessão de situações infernais, que podem levar à depressão e ao suicídio. Por isso, quem não cresce espiritualmente de modo dinâmico e contínuo, com certeza, sente um vazio de insatisfação interior e desce inexoravelmente a ladeira para o “inferno”, já aqui na vida terrena, porque passa a sentir intimamente que ela é destituída de sentido, o que é a própria infelicidade.
Em suma, o sentido da vida é a “felicidade”!...
E o que traz felicidade? Muito dinheiro? Uma casa grande e confortável? Realização profissional? Família? Vida em comunidade? Ou manifestar no mundo das formas a sua essência divina de Filho de Deus, através de atributo elevados, como: sabedoria, amor , vida, compaixão, alegria, harmonia, prosperidade e um coração bondoso e apaziguado?
O grande esclarecimento trazido pelo Pensamento Iluminador da Humanidade, na mensagem do Dr. Masaharu Taniguchi, é que qualquer ser humano, como legítimo Filho de Deus, tem o poder de criar e transformar o mundo em quer viver pelo seu poder mental ou Poder da Mente. Portanto, quanto mais a mente do ser individual procurar moldar-se pelas virtudes que emanam da Mente Universal, ou Mente de Deus, ou Grande Vida Universal, que cria e mantém tudo o que existe e vive harmoniosamente no Universo, mais o indivíduo vive o Paraíso na Terra, bem longe do “inferno” ou “existência inferior”.
A lei mental da causa e efeito diz que “o que semearmos, certamente, colheremos”, por conseguinte, se a nossa mente semear bons pensamentos, colheremos boas palavras e ações, além de reações positivas e recompensadoras de todos os seres viventes que convivem conosco, sem olvidar o Universo inteiro.
Um grande abraço do
Kabiá-Kabiaka.